Escreva seu e-mail para receber novidades

Close

Cachorros para apartamento - grandes e pequenos



Uma rápida procura na internet nos leva a diversas opiniões sobre os melhores cachorros para apartamento. Muitos sites e blogs especializados citam raças menores como sendo as únicas ideais para se ter em apartamento. 

Mas é necessário pensar um pouco mais sobre tal afirmação.

É bastante comum crer que adotar um cachorro pequeno é melhor em aspectos como a convivência, o comportamento, e a mobilidade do animal. Normalmente se pensa que em um lugar pequeno, só se pode ter um cão pequeno. 

Entretanto, o tamanho não é o único fator para se levar em consideração na hora de escolher uma raça. Não é porque o cachorro é pequeno que ele é adequado para viver em um apartamento.

Por exemplo, as características vocais do animal seriam algo para se levar em consideração. Um porte pequeno tem um timbre agudo muitas vezes irritante. Além de comprometer sua relação com os vizinhos, isso poderia infligir as normas que os moradores do seu prédio devem seguir. Alguém suporta um cão que late muito?

Algumas raças pequenas apresentam uma quantidade grande de energia, o que faz com que seu temperamento, na maioria das vezes, seja agitado. 

Isso compromete a paz de todos aqueles que desejam um ambiente tranquilo para se viver. 

Uma dessas raças é o Chiuaua, pois além de grande tendência em latir demasiadamente, ele também apresenta um comportamento enérgico e nervoso em alguns casos. Sem dúvida ele não é um bom cão para apartamento.

Por outro lado, cachorros como os Terriers, possuem um comportamento passivo e ideal nesses casos, desde que possa fazer a quantidade necessária de atividades, é claro. 

Isso é o principal: desde que se cumpram os requisitos de exercícios, cachorros de grande porte podem viver pacificamente em apartamentos. Em outras palavras, qualquer cachorro pode sim viver em um apartamento, desde que seu dono não tenha preguiça!

Algumas raças sugeridas:

Mostrarei agora algumas raças ótimas para um bom convívio em apartamentos, de todos os preços e tamanhos. 
Observe que a lista vai dos menores para os maiores:

Yorkshire

Muitos dizem que ele late demais, outros afirmam o contrário. O fato é que, como qualquer cão, ele pode ficar silencioso se for bem educado. 

Está na lista por se tratar também de um cão pequeno - o menor entre os Terriers - além de ser amigável e carinhoso com as pessoas. É independente e destemido para viver novas experiências.

Porte pequeno


Lhasa Apso

Não costumam latir constantemente, o que já é um ponto positivo. É um cão muito independente, tornando fácil o convívio, pois não precisa de atenção constantemente. 

A raça possui um ouvido apuradíssimo, e é atenta a tudo. Isso faz com que normalmente desconfie dos estranhos.

Porte pequeno


Schnauzer 

Adora a companhia das pessoas. É um cachorro carinhoso e vive constantemente tentando agradar e manter a segurança da família. É afetuoso e não cede fácil para estranhos. O melhor é que existem em duas "versões": pequeno e médio porte.


Porte pequeno


Buldogue Francês 

Um cão calmo, que se contenta com um bom lugar para deitar. De porte pequeno, fisicamente atinge a marca de 30 centímetros, e pesa em média 12 a 13 kg. É brincalhão e bagunceiro.


porte pequeno

Boston Terrier 

Não é um cão muito exigente, vive tranquilamente num pequeno espaço, desde que seu dono lhe de carinho suficiente. É obediente, ou seja, é fácil treiná-lo, pois ele adora aprender. 

Ótima raça para conviver com crianças, por ter um temperamento carinhoso e calmo. Se quer um cão que fique sozinho, é uma boa pedida.

porte médio


Buldogue Inglês 

Se o que você deseja é um cão dócil com todos e calmo no dia a dia, vale a pena investir nessa raça. É um cão extremamente carinhoso, principalmente com as crianças. 

Seu temperamento muito calmo já lhe rendeu o título de raça mais passiva do mundo. Normalmente, prefere o conforto de um sofá do que a agitação de um parque.

Porte médio


Cocker Spaniel 

Raça alegre e afetuosa que adora brincar. O Cocker é um cachorro de porte médio, que necessita de uma quantidade razoável de exercícios. Tem um olfato apuradíssimo e adora usá-lo na exploração de novos lugares.

Porte Médio



Basset Hound

Um cão muito dócil, que se torna amigos de todos facilmente. Não costuma incomodar, e qualquer brinquedo o mantém entretido por um bom tempo. Esse cão é mais um daqueles que cultuam o ócio: brincar e se exercitar, só de vez em quando.

Porte médio


Dogue Alemão

Pode parecer um absurdo, mas um cão desse porte é uma ótima escolha para viver num apartamento com você. Os olhos podem enganar: ele não ocupa tanto espaço assim. 

Sua simpatia, e seu temperamento carinhoso, calmo e tranqüilo com todos a sua volta tornam-o um cão adequado a viver num espaço pequeno.

porte grande



Mastiff

Seguindo um número de condições, o Mastiff adulto pode sim ser um ótimo companheiro para viver nesses locais. Mantendo seu nível de atividade diária em dia, ele se mostra como um cachorro adorável, e um ótimo companheiro. 

Contudo, se você deseja optar pelo desafio de ter um desses, saiba que terá que passar pela sua irrequieta fase da infância. Para a melhor locomoção do animal, é necessário que seu prédio tenha elevador.


porte grande



E lembre-se, apenas com carinhos, exercícios e atividades na medida certa você vai encontrar no seu animal um excelente cão para apartamento. Mas jamais adote um cão como os dois últimos se não possui uma vida cheia de exercícios. Se é ocioso, escolha um cão ocioso.

O tamanho não quer dizer nada, o que interessa é a maneira que você convive e trata seu cachorro. 

Lembre-se de que é seu estado de espírito que conduz seu cão. Se você estiver calmo e feliz é o que basta para que seu cachorro reflita esse mesmo estado. O que eles precisam não é necessariamente de um grande espaço, mas sim de uma devida atenção de seus donos. 

Deixe um comentário contando sua experiência!


Posts que possam interessar: