5 novas raças de cães que você nunca viu

Novas raças de cachorros surgem a todo momento. Desde milhares de anos atrás, o homem vem cruzando e selecionando os cães com o objetivo de criá-los para cumprir determinadas tarefas. 


Embora hoje exista organizações com a FCI - Federação Cinológica Internacional -, que busca reconhecer apenas as que cumpram determinados requisitos, há muitas raças novas e que deram certo, mas ainda não obtiveram esse tão almejado reconhecimento.


Os animais que eu listei aqui vêm sendo obtidos de cruzamentos nos últimos 30 anos, no máximo. A maioria deles (com exceção do Dorset Olde Tyme Bulldogue) começaram a surgir a partir dos anos 90. 

O reconhecimento é difícil, mas levemos em consideração que ainda são raças muito novas. Algumas tentam ser reconhecidas há muito tempo e ainda não são consideradas oficiais internacionalmente. 

Como é o caso da maioria dos animais originários no Brasil, como já foi tratado aqui no Dicas do Cão. As raças novas selecionadas são:

Bulldogue Australiano


Mais um cachorro da família dos bulldogues, esse aqui também é conhecido pela alcunha Aussie. Ele foi criado com a tentativa de obter um bulldogue que não apresentasse a vulnerabilidade a alguns tipos de doenças que os outros costumam sofrer. 

Os cruzamentos começaram a acontecer a partir dos anos 90. Ele segue as características passiva dos seus parentes mais próximos. É muito calmo, robusto (ainda mais que os outros) e seu focinho curto continua sendo uma marca da raça.


cão



Dorset Olde Tyme Bulldogue


Esse nome grande e sugestivo refere-se a tentativa de Steve Barnett no final dos anos 80, de recriar o Buldogue da Era Vitoriana. É um animal muito forte, com os ombros largos e as pernas retas. 

Como os outros da família Bull, apesar de muito forte e alerta, ele sempre se mantém muito dócil e tranquilo. É muito leal e companheiro, grande amigo das crianças. Gosta de estar perto de todos que convivem com ele, é ideal para ser o membro de uma família.


recém nascido


Mi-ki


É um animalzinho pequeno, com uma aparência delicada e dócil. Muito esperto, brincalhão e carinhoso, o Mi-ki está sempre alerta. 

Dentre os animais de porte pequeno, é considerado o mais gentil para se viver em companhia. A sua pelagem é longa, que lembra cães como o Lhasa. Esse pelo longo tem duas variações: liso ou lanoso. 

Foi criado nos EUA, e hoje já está presente no Canadá. Sua origem remonta a seis tipos diferentes: Papillon, Shih Tzu, Yorkshire Terrier, Spaniel Tibetano, Maltês e Chin Japonês.


raças atuais

Silken Windhound


É um da família dos galgos, muito belo e elegante. Sua pelagem longa, lisa e sedosa é o seu charme; e pode ser de variadas combinações de cores: preto e castanho, branco e preto, do branco ao vermelho, e preto ao azulado. 

A variedade de tonalidades misturado à postura do cão dão lhe uma aparência unica e elegante. É um animal muito inteligente, e com um reforço positivo, é facilmente treinável. É dócil e carinhoso, e em termos de competição, um verdadeiro campeão.


raças de cães


Tamaskan


Um cachorro muito obediente, sua inteligência permite que ele aprenda muito rápido, e se sobressaia em diversos trabalhos. 

Originário da Finlândia, o Tamaskan é muito raro, estima-se que tenham apenas 400 da raça no mundo todo. Ele é muito versátil e obediente, foi criado para ter características do Lobo, como seus ancestrais, o Husky Siberiano e o Malamute do Alaska. 

Mesmo existindo em pouca quantia, hoje em dia há Tamaskans na Austrália, Estados Unidos, Canadá, no Reino Unido e na Europa Continental.

novas raças



Leia também: